O Quitosana consiste em um suplemento natural, que é produzido a partir de esqueletos de crustáceos, como é o caso da lagosta, siri, de caranguejo e de camarão, por exemplo.

Um polissacarídeo, que atua no organismo como uma fibra. Ele é capaz de promover uma série de vantagens para o organismo das pessoas, conforme veremos mais abaixo.

Para conhecer um pouco mais sobre esse produto inovador, e entender como ele pode ser um grande aliado para a sua saúde como um todo, é só continuar lendo, pois daremos todos os detalhes aqui.

Quitosana Como Funciona

A Quitosana, quando ingerida, passa por um processo de transformação, e vira um gel ionizado com as cargas positivas. Assim, a gordura que ingerimos, ao chegar no estômago, tem uma carga negativa, que se liga ao gel que a Quitosana se formou.

Assim, esse gel então, vai até o intestino. Após ser ionizada, a gordura não é mais absorvida pelo organismo. E passa a ser eliminada nas fezes.

O consumo de Quitosana é realmente eficiente para aquelas pessoas que consomem alimentos gordurosos em excesso. No entanto, o ideal é associar o uso do Quitosana a uma dieta saudável, e uma reeducação alimentar, além da prática constante de atividade física também.

Dessa forma, a Quitosana pode ser uma grande aliada no processo de emagrecimento. Pois o produto bloqueia a absorção de gordura que ingerimos na alimentação. Além disso, ele também aumenta a motilidade intestinal.

quitosona Para Que Serve

O Quitosana atua no organismo de diversas formas diferentes. Assim, ele não só contribui para um emagrecimento saudável, como também ajuda a regular os níveis de colesterol, além de também contribuir para a cicatrização. Abaixo, nós descrevemos com mais detalhes os principais benefícios do Quitosana. Confira!

  • Ajuda no processo de cicatrização, pois estimula a coagulação do sangue.
  • Retira dos alimentos as proteínas alergênicas.
  • Regula o colesterol.
  • Contribui para a perda de peso, uma vez que ajuda o corpo a absorver menos gordura, fazendo com que elas sejam eliminadas através das fezes.
  • Promove uma melhoria no trânsito intestinal
  • Ajuda a aumentar a sensibilidade à insulina.
  • Tem efeito analgésico e antimicrobiano.
  • Reduz o volume no sangue de ácidos biliares, diminuindo as chances de o indivíduo desenvolver um câncer.

Quitosana Como Usar

A recomendação é tomar 4 comprimidos de Quitosana, entre 15 e 30 minutos antes das principais refeições. Dessa forma, o produto atua no organismo, mobilizando a ação da gordura.

Quitosana Bula

Quitosana é considerada como um alimento funcional natural, que é originário da casca de crustáceos. Ela é indicada para ajudar na redução da absorção tanto de colesterol, quanto de gordura que estejam presentes no processo digestivo. Dessa forma, eles não são processados pelo organismo. E a sua absorção é reduzida.

Quitosana Preço

Para conferir o preço e comprar o Quitosana agora mesmo, basta clicar aqui.

Quitosana Efeitos Colaterais

Consumir o Quitosama em excesso pode fazer com que o organismo absorva menos vitaminas lipossolúveis, que são essenciais para o nosso organismo. Pode também provocar inchaço, prisão de ventre e náuseas. E, se a pessoa tiver alergia à frutos do mar, também pode provocar sérias reações alérgicas.

Vale a Pena

De acordo com relatos de quem já usou o produto, o Quitosana vale a pena, pois realmente funciona. Após a ingestão, o produto se transforma em uma espécie de gel. Dessa forma, ele passa a absorver as partículas de gordura ingeridas, evitando que o organismo as absorva.

No interior do estômago, a partícula de gel se liga às gotículas de gordura, em torno de 8 a 10%, e também com a bile.

A Quitosana é um tipo de fibra não-digerível. Com isso, ao ser direcionada ao intestino, que possui um pH alcalino, ela fica pastosa, sendo expelida por meio das fezes. Nessa etapa, ela leva consigo agregados de colesterol e de gordura.

Quais As Contraindicações

Pessoas com qualquer tipo de alergia a produtos do mar não devem tomar a Quitosana. Pois, nesse caso, pode acontecer alguma reação alérgica grave, como é caso, por exemplo, de um choque anafilático.

Também não deve ser usado por crianças menores de 12 anos de idade, nem por mulheres grávidas ou que estejam amamentando, e nem mesmo por pessoas que apresentam um baixo peso.